Ativar JavaScript Multimídia | Portal Regional da BVS
Portal Regional da BVS

Portal Regional da BVS

Virtual Health Library (VHL = BVS) – integrated search with LILACS and VHL databases

Coletiva de imprensa: Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e Centro de Contingência 02/07/2020

Press conference: São Paulo State Health Secretariat and Contingency Center 07/02/2020

https://www.youtube.com/watch?v=swiI5sfWWzk

Coleção: COVID-19 - Novo Coronavírus - GOV/SP

O Governo do Estado de São Paulo vai autorizar a ampliação do horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais em cidades localizadas em regiões classificadas na fase 2 (Laranja) do Plano São Paulo. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (2), durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, e será formalizada em decreto. A ampliação do horário será permitida para comércio de rua e shoppings. A mudança foi avaliada e autorizada pelo Centro de Contingência do Coronavírus. A alteração prevê o aumento de duas horas a mais (das atuais quatro horas para seis horas consecutivas) durante quatro dias úteis. A norma para o estabelecimento respeitar lotação de até 20% da capacidade do local continua mantida. Esses cuidados são necessários para evitar a proliferação do coronavírus no ambiente. “O Centro de Contingência autorizou uma opção de funcionamento por seis horas durante quatro dias úteis. Com comércio operando quatro dias durante seis horas e fechando três dias, é possível um melhor planejamento e também garante a segurança pelo aspecto da saúde”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen. O detalhamento da flexibilização do horário será divulgado em decreto, a ser publicado nos próximos dias. A fase 2, também chamada de Controle, é uma das cinco fases previstas no Plano São Paulo, programa do Governo do Estado com orientações para uma retomada segura da atividade econômica durante a pandemia do coronavírus. Atualmente 11 das 22 regiões do Estado estão classificadas na fase 2. A classificação das fases (sendo a 1 com mais restrições e a 5, com menos) leva em considerações indicadores como ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e variação do número de casos e óbitos causados pela COVID-19. Em cada uma das fases o Plano São Paulo prevê quais serviços estão autorizados a funcionar e quais regras sanitárias devem ser obedecidas. A situação atual do estado e os protocolos de segurança que os estabelecimentos devem seguir estão disponíveis no site: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/mascaras

Autor(es): Brasil. Governo do Estado de São Paulo Idioma: Português Duração: 1 vídeo do youtube (1:09:20 min): son., color. Publisher: Governo do Estado de São Paulo
Assunto(s): Betacoronavirus, Pneumonia Viral/prevenção & controle, Infecções por Coronavirus/prevenção & controle, Pandemias/prevenção & controle, Quarentena/organização & administração, Isolamento Social, Infecções por Coronavirus/diagnóstico, Hospitais/provisão & distribuição, Infecções por Coronavirus/epidemiologia, Número de Leitos em Hospital/estatística & dados numéricos, Unidades de Terapia Intensiva/provisão & distribuição, Áreas de Pobreza, Reação em Cadeia da Polimerase/métodos, Populações Vulneráveis, Comércio/normas, Monitoramento Epidemiológico, Sistemas Locais de Saúde/organização & administração, COVID-19, Plano São Paulo, Germann, José Henrique
  • Compartilhar
  • Informar um erro
    [X]
    Razão
    [X]
    Obrigado por informar este problema.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.

More related

...