Blog REVEnf: A judicialização do direito à saúde: é possível divergir?

https://blog.revenf.org/2020/04/17/a-judicializacao-do-direito-a-saude-e-possivel-divergir/

Diante das dificuldades em reconhecer o papel de advogado do paciente influenciado pela prerrogativa do mandado judicial, há uma lacuna entre o ideal de defesa do paciente e a realidade da prática de enfermagem diária, sendo o acato a única opção, gerando desconforto pela soberania da decisão e a apreensão de punição. O estudo, intitulado “Advocacia na terapia intensiva diante da internação por ordem judicial: qual a perspectiva dos enfermeiros?”, revela que os enfermeiros de cuidados críticos exercem a sensibilidade e o dever moral do processo de cuidar quando defendem seus pacientes, informando-os sobre seus direitos e/ou demonstrando preocupação com indivíduos indefesos, ou ainda que desconhecem seus direitos e precisam de ajuda nesse sentido.

Autor(es): Luz, Kely Regina da, Vargas, Mara Ambrosina de Oliveira Originador(es): Blog REVEnf Revistas de Enfermagem
Recurso adicionado em: 07/05/2020
Idiomas disponíveis: Português
Advocacia em Saúde, Judicialização da Saúde, Direito Sanitário, Sistema Único de Saúde, Acesso Efetivo aos Serviços de Saúde
  • Compartilhar
  • Sugerir uma palavra-chave
    [X]
    Sugestões
    Separadas por virgula
    [X]
    Obrigado por sua sugestão.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.
  • Informar um erro
    [X]
    Motivo
    Novo Link (opcional)
    [X]
    Obrigado por informar este problema.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.
comments powered by Disqus

More related