Saúde e interculturalidade

https://sites.google.com/site/raufscar/13MarinaPereiraNovo.pdf?attredirects=0

Agentes Indígenas de Saúde/AISs aparecem como elementos centrais do novo modelo de atenção à saúde indígena, na medida em que são entendidos como possíveis “elos de ligação” ou “tradutores” entre os sistemas tradicionais e a biomedicina. O artigo discute as ambigüidades decorrentes da forma como é pensado o modelo de atuação dos AIS e mesmo o modelo de atenção à saúde indígena, conforme se percebe através da organização e da transmissão de conteúdos nos cursos de formação de AISs.

Autor(es): Novo, Marina Pereira Originador(es): R@U – Revista de Antropologia Social dos Alunos do PPGAS - UFSCar
Recurso adicionado em: 29/07/2009
Idiomas disponíveis: Português
Saúde Pública, Saúde de Populações Indígenas, Serviços de Saúde do Indígena, Pessoal de Saúde, Educação em Saúde, Medicina Tradicional, Medicina, nosicanosicanosicanos, Antropologia da Saúde
  • Compartilhar
  • Sugerir uma palavra-chave
    [X]
    Sugestões
    Separadas por virgula
    [X]
    Obrigado por sua sugestão.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.
  • Informar um erro
    [X]
    Motivo
    Novo Link (opcional)
    [X]
    Obrigado por informar este problema.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.
comments powered by Disqus